Flash para Linux? Só pelo Google Chrome

flash logo

Algo de muito estranho rolando na internet. A Adobe anunciou que o Linux não terá mais um canal direto para download do Flash. Assim, a única saída dos usuários do pinguim seria o navegador Google Chrome que possui plugin do Flash instalado nativamente.

No comunicado da Adobe, parece que foi uma decisão que estaria relacionada a compatibilidades e atualização do plugin. Se pensarmos bem, pode ser muito mais do que isso.

Siga o @denavegador no Twitter e fique por dentro das novidades dos navegadores.

De acordo com a Adobe, após a versão 11.2, o Flash estará disponível no Linux apenas pelo Google Chrome através de uma nova API denominada “Pepper”. A Google, parceira da Adobe com o Google Chrome desde 2010, será a responsável por levar as atualizações dessa API aos usuários Linux.

Para outras plataformas como Windows e Mac OS, o plugin Flash continua sendo distribuído normalmente. Adobe se compromete a oferecer atualizações de segurança para usuários do Flash sem suporte ao Pepper durante cinco anos.

Com essa notícia, ficamos no aguardo de ver a Mozilla se posicionar sobre o assunto. Espero que a Mozilla ajude no desenvolvimento do plugin Flash para o Linux com atual API Netscape. Só pelo nome da API, dá para ver que não é atualizada.

Será que não vale o esforço da Adobe em desenvolver uma API para o Linux? Ou há outras decisões obscuras por trás desse comunicado que não anunciado? O que a Google diz sobre isso?

Isso é um passo gigantesco para fazer do Google Chrome o navegador padrão da plataforma Linux.